Loading...
Sensor portátil para monitorar a qualidade da água

Sensor portátil para monitorar a qualidade da água

Ciência SP Agência FAPESP

Ano:2024

Um sensor portátil, fabricado com papel e nanopartículas de ouro sintetizadas por laser, foi desenvolvido por pesquisadores da USP para facilitar e baratear a produção de dispositivos que permitem à população monitorar em casa ou em qualquer outro lugar a qualidade da água. A um custo unitário de pouco mais de R$ 0,50 (cinquenta centavos), o sensor descartável é capaz de identificar compostos químicos presentes em líquidos. As nanopartículas de ouro sobre o papel são as responsáveis pela reação eletroquímica que identifica as substâncias. A tecnologia ainda está em processo de patenteamento e, segundo os criadores, o sensor poder ser reproduzido em qualquer lugar do mundo, em larga escala, não dependendo de etapas que demandam manuseio humano. A pesquisa foi financiada pela FAPESP. Leia mais na Agência FAPESP. Para mais detalhes, acesse o artigo científico ou os dados do projeto FAPESP 18/08782-1.

Clique para visualizar