Loading...
Pele artificial com vascularização

Pele artificial com vascularização

Ciência SP Agência FAPESP

Ano:2022

A empresa 3D Biotechnology Solutions (3DBS), apoiada pelo Programa PIPE-FAPESP, está desenvolvendo uma tecnologia para imprimir tecidos artificiais vascularizados. A solução permitirá a reprodução de órgãos bioimpressos a partir de células do próprio receptor. Com a tecnologia também será possível automatizar a produção de pele artificial, o que favorece a extinção dos testes de cosméticos e fármacos em animais e o desenvolvimento de tratamentos ainda mais efetivos para feridas e queimaduras. A empresa é conhecida por ser a primeira do Brasil a oferecer equipamentos para biofabricação. A corrida para o desenvolvimento e a viabilização de órgãos artificiais vascularizados ganhou escala internacional. Há estudos em diferentes frentes da área de saúde, desde tratamentos até transplante de órgãos bioimpressos.

Clique para visualizar