Loading...
Cana-de-açúcar mais resistente

Cana-de-açúcar mais resistente

Ciência SP Agência FAPESP

Ano:2022

Pesquisadores da Unicamp identificaram em uma espécie de cana-de açúcar genes potencialmente responsáveis pela resistência da planta a fatores de estresse, como frio e seca. Com apoio da FAPESP, um grupo do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética mapeou na espécie Saccharum spontaneum os chamados “genes órfãos” – que têm esse nome porque não são compartilhados com outros organismos. A espécie é conhecida por sua resistência a fatores como ataque de pragas, frio, déficit hídrico, alta salinidade e deficiência nutricional do solo. Os pesquisadores pretendem agora investigar o que ocorre com a expressão dos genes órfãos quando a planta é submetida a esses estressores. Caso a pesquisa confirme o potencial protetor dos genes, eles poderão ser inseridos em plantas de interesse comercial. Isso possibilitaria, no futuro, o desenvolvimento de variedades de cana-de-açúcar mais tolerantes a diversos tipos de pressões ambientais. Leia mais na Agência FAPESP. Para mais detalhes, acesse o artigo científico ou os dados dos projetos 15/16399-5 e 17/26781-0.

Clique para visualizar